Estereótipos e humor?

Contribuição: Carmem Barbosa

O ministro francês, Brice Hortefeux, quase foi demitido por uma piadinha de mal gosto que fez em setembro passado, referindo-se aos árabes.
Ele disse: “Um [árabe] está bem, quando são vários é que há problema”.
Na época não entendi bem o comportamento do ministro, mas agora analisando este caso fiquei a me perguntar, como uma pessoa pública de repente, com aparente naturalidade, fala algo que soa tão grave.
O estereótipo está relacionado ao preconceito, que muitas vezes é expresso de forma tão natural, como se a pessoa dissesse: “Foi sem querer…eu não queria dizer isto”.Mas internamente está lá ELE.
Esta tendência à padronização, que estreita a visão individual, traz a tona apenas a percepção coletiva, reduzindo as pessoas a um modelo já anteriormente rotulado.
Para ver a matéria completa clique aqui

Estereótipos e preconceitos: mais um teste

Contribuição: Mariana Barreto

Este vídeo aborda sobre um experimento que inicialmente foi realizado por Clark and Clark na década de 40. É um experimento bem conhecido, mas importante de ser relembrado, pois demonstra como os estereótipos são transmitidos de geração em geração e como as crianças assimilam estas crenças ainda em tenra idade. É importante destacar que no caso deste documentário embora as crianças sejam negras elas demonstram atitudes que são contrárias ao seu próprio grupo social, o que demonstraria uma tendência oposta ao comportamento relato por Todd em seu livro, o qual afirma que existe uma tendência em valorizar os indivíduos que pertencem ao seu mesmo grupo e discriminar, ou desvalorizar, os indivíduos que não pertencem ao seu grupo. No experimento, a maioria das crianças entrevistadas categorizam as bonecas pretas como más e as bonecas brancas como boas, ainda que os entrevistados tenham sido de raça negra ou mulata. Tal conduta demonstra uma rejeição da própria identidade pelas crianças negras, rejeição que muitas vezes ocorre de modo inconsciente, em decorrência da assimialação de valores, crenças que são transmitidos pela mídia e por um processo histórico e sócio-cultural.