Estereótipos e anedotas étnicas: numa ilha deserta

Contribuição: Vanda M. dos Santos

Um negro, um judeu e um branco estão perdidos numa ilha deserta e acham uma garrafa mágica que abrem. De dentro dela sai um gênio, q diz q, em agradecimento, realizará um pedido de cada.
O negro diz que deseja que todos os seus irmãos de raça, que foram tão perseguidos durante toda a história, voltem para a África, e que esta se transforme em um continente rico e pacífico, onde possam viver felizes para sempre.
“PRONTO!”, diz o gênio. E o negão desaparece!
O judeu diz que quer algo parecido, mas com a perseguida raça judia: que todos voltem para Israel, a Terra Prometida, e possam lá viver em paz até o fim dos tempos.
O gênio estala os dedos: – JÁ FOI!!!
E desaparece Isaac.
Fica só o branco junto com o gênio, que lhe pergunta:
– Bem, só falta vc… Qual seu pedido???
– Vc quer dizer que todos os negros voltaram para a África, e todos os judeus foram prá Israel, e não vão mais sair de lá???
– Exatamente! Agora falta seu pedido. O q vc vai querer?
– Materialize aí um Martini para eu comemorar!!!

Estereótipos e humor: assédio sexual

Contribuição: Gilcimar Dantas

Um casal sai de férias para um hotel-fazenda.
O homem gosta de pescar e a mulher gosta de ler.
Uma manhã, o marido volta da pesca e resolve tirar uma soneca.
Apesar de não conhecer bem o lago, a mulher decide pegar o barco do marido e ler no lago.
Ela navega um pouco, ancora, e continua lendo seu livro.
Chega um guarda do parque em seu barco, pára ao lado da mulher e fala:
– Bom dia, madame. O que está fazendo?
– Lendo um livro – responde e pensa: “será que não é óbvio?”
– A senhora está em uma área restrita em que a pesca é proibida, informa.
– Sinto muito, tenente, mas não estou pescando, estou lendo.
– Sim, mas com todo o equipamento de pesca. Pelo que sei, a senhora pode começar a qualquer momento. Se não sair daí imediatamente, terei de multá-la e processá-la.
– Se o senhor fizer isso, terei que acusá-lo de assédio sexual.
– Mas eu nem sequer a toquei! – diz o guarda.
– É verdade, mas o senhor tem todo o equipamento. Pelo que sei, pode começar a qualquer momento.
– Tenha um bom dia madame, diz ele. E vai embora.

Estereótipos e humor: concerto do U2 em Lisboa

Contribuição: Alineton Adson

Em um concerto do U2 em Lisboa, Bono (o vocalista da banda) pediu silêncio ao público e começou a bater palmas compassadamente. Olhando para as pessoas, que estavam em silêncio, ele disse ao microfone:
– Eu quero que vocês percebam algo muito sério.
A cada batida de minhas mãos, uma criança morre na África.
Nesse momento uma voz das arquibancadas grita:
– Então para de bater, óh filho da puta!…

Estereótipos e profissões: epitáfios

Contribuição: Gilcimar Dantas

O que escreverem seu túmulo se você for …

Espírita: Volto já!

Internauta: http://www.aquijaz.com.br

Agrônomo: Favor regar o solo com Neguvon.. Evita Vermes.

Alcoólatra: Enfim, sóbrio.

Arqueólogo: Enfim, fóssil.

Assistente Social: Alguém aí, me ajude!

Brother: Fui.

Cartunista: Partiu sem deixar traços.

Delegado: Tá olhando o quê? Circulando, circulando…

Ecologista: Entrei em extinção.

Enólogo: Cadáver envelhecido em caixão de carvalho, aroma Formol e ‘after tasting’ que denota presença de Micoorganismos diversos.

Funcionário Público: É no túmulo ao lado.

Garanhão: Rígido, como sempre.

Gay: Virei purpurina.

Herói: Corri para o lado errado.

Hipocondríaco: Eu não disse que estava doente?!?!

Humorista: Isto não tem a menor graça.

Jangadeiro Diabético: Foi doce morrer no mar.

Judeu: O que vocês estão fazendo aqui? Quem está tomando Conta da lojinha?

Pessimista: Aposto que está fazendo o maior frio no inferno.

Psicanalista: A eternidade não passa de um complexo de superioridade mal resolvido.

Sanitarista: Sujou!!!

Sex Symbol: Agora, só a terra vai comer.

Viciado: Enfim, pó!

Fonte: Pilândia

Estereótipos e humor: a discriminação do “louco”

Contribuição: Camila Novaes

Os pacientes com transtorno mental carregam o estigma da loucura. As pessoas que se auto-categorizam como sãs vêem de forma negativa aqueles que demonstram estar fora da realidade. A generalização acontece e o sintoma parece ser a única imagem mental que vem à mente do preconceituoso. O preconceito contra estes pacientes pode ser visto em diversas anedotas sobre o tema. Afinal, preconceito contra o quê? Escolha a categoria em que você se encaixa. Quem é o louco aqui?

GRAVAÇÃO NA SECRETÁRIA ELETRÔNICA DO CENTRO DE SAÚDE MENTAL

“Obrigado por ligar para o Instituto de Saúde Mental, sua mais saudável companhia em seus momentos de maior loucura.

Se você é obsessivo e compulsivo pressione 1, repetidamente;
Se você é dependente, peça a alguem que pressione o 2 por você;
Se tem múltiplas personalidades pressione o 3, 4, 5, e o 6;
Se você é paranóico, sabemos quem é você, o que faz e o que quer. Espere na linha enquanto rastreamos sua chamada;
Se você sofre de alucinações, pressione o 7 e sua chamada será transferida para o Departamento de Elefantes Cor de Rosa;
Se você é esquizofrênico, escute cuidadosamente e uma vozinha lhe dirá que número pressionar;
Se você é depressivo, não importa que número disque. Ninguém vai responder;
Se você sofre de amnésia, pressione o 8 e diga em voz alta seu nome, endereço, número da carteira de identidade, data do nascimento, estado civil e o nome de solteira de sua mãe;
Se você sofre de stress pós-traumático, pressione lentamente a tecla # até que alguém tenha piedade de você;
Se sofre de indecisão, deixe sua mensagem logo que escute o bip… Ou antes do bip… Ou depois do bip… Ou durante o bip… De qualquer modo, espere o bip…;
Se sofre de perda de memória para fatos recentes, pressione 9. Se sofre de perda de memória para fatos recentes, pressione 9. Se sofre de perda de memória para fatos recentes, pressione 9. Se sofre de perda de memória para fatos recentes, pressione 9;
Se tem baixa auto-estima, por favor desligue. Nossos operadores estão ocupados atendendo pessoas mais importantes.”

Estereótipos e humor: geografia feminina e masculina

Geografia da Mulher

  • Entre 18 e 25 anos, a mulher é como o Continente Africano: uma metade já foi descoberta e a outra metade esconde a beleza ainda selvagem e deltas férteis.
  • Entre 26 e 35, a mulher é como a América do Norte: moderna, desenvolvida, civilizada e aberta a negociações.
  • Entre 36 e 40, é como a Índia: muito quente, relaxada e consciente da sua própria beleza..
  • Entre 41 e 50, a mulher é como a França: suavemente envelhecida, mas ainda desejável de se visitar.
  • Entre 51 e 60, é como a Iugoslávia: perdeu a guerra, é atormentada por fantasmas do passado, mas empenha-se na reconstrução.
  • Entre 61 e 70, ela é como a Rússia: espaçosa, com fronteiras sem patrulha. A camada de neve oculta grandes tesouros.
  • Entre 71 e 80, a mulher é como a Mongólia: com um passado glorioso de conquistas, mas com poucas esperanças no futuro.
  • Depois dos 81, ela é como o Afeganistão: quase todos sabem onde está, mas ninguém quer ir até lá..

Geografia do Homem

  • Entre os 15 e os 80 anos , o homem é como Cuba: governado por um só membro..

Estereótipos e anedotas: conta a lenda

Diz a lenda que Rui Barbosa, ao chegar em casa, ouviu um barulho estranho vindo do seu quintal. Chegando lá, constatou
haver um ladrão tentando levar seus patos de criação.

Aproximou-se vagarosamente do indivíduo e, surpreendendo-o, quando este tentava pular o muro com os patos, disse-lhe:

– Oh, bucéfalo anácrono! Não o interpelo pelo valor intrínseco dos
bípedes palmípedes, mas, sim, pelo ato vil e sorrateiro de profanares o recôndito da minha habitação, levando meus ovíparos à sorrelfa e à socapa. Se fazes isso por necessidade, transijo; mas se é para zombares da minha elevada prosopopéia de cidadão digno e honrado, dar-te-ei, com minha bengala fosfórica, bem no alto da tua sinagoga, e o farei com tal ímpeto que te reduzirei à quinquagésima potência que o vulgo denomina nada.

E o ladrão, confuso, diz:

– Dotô, resumino, eu levo ou deixo os pato?

Estereótipos e anedotas: jeitinho brasileiro

Estavam na China, bebendo em uma praça, um brasileiro, um americano e um argentino. Como na China isto é proibido e eles foram pegos em flagrante.
Presos , foram mandados ao Juiz pra receberem sua sentença.
O Juiz deu uma bronca enorme e disse que cada um ia receber 20 chicotadas como punição.
Como estava em transição entre o ano do cão e o do rato, cada prisioneiro tinha direito à um pedido:
– Você americano! Seu país é racista, capitalista e eu odeio vocês, mas promessa é promessa! Qual o seu desejo, desde que seja não escapar da punição?
– Quero que amarrem 1 travesseiro nas minhas costas!
– Que assim seja! E tome as chicotadas com o travesseiro nas costas…
Lá pela décima chicotada o travesseiro cedeu e o americano levou 10 chicotadas.
– Sua vez argentino! Seu povo é muito arrogante e trapaceiro. Odeio vocês, mas promessa é promessa!! Qual o seu desejo?
– Que amarrem 2 travesseiros nas minhas costas!
E assim foi. Lá pela décima quinta chicotada os travesseiros cederam e o argentino tomou 5 das 20 chicotadas. Mas ficou feliz porque passou a perna no americano!
Foi a vez do brasileiro.
– Ora, ora, você é brasileiro… povo simpático, bom de futebol, humilde… como eu gosto do seu povo vc terá 2 pedidos!!
– Bem, eu queria levar 100 chicotadas…
– Espantoso!! Ainda por cima é corajoso!! Seu pedido será realizado!! Qual é o próximo?
– Amarra o argentino nas minhas costas!!!…

Estereótipos e anedotas regionais: Como os brasileiros reagem às flutuações do clima

chamada

Contribuição: Marcus Vinicius Alves

30ºC ou mais

– Baianos vão a praia, dançam, cantam e comem acarajé.
– Cariocas vão a praia, caem na água e jogam futevolei.
– Mineiros comem um queijinho na sombra.
– Todos os paulistas vão para Praia e pra isso enfrentam quilômetros de congestionamento e 2 horas de fila nas padarias e supermercados da região.
– Gaúchos esgotam os estoques de protetor solar e isotônicos da cidade.

25ºC

– Baianos não deixam os filhos saírem ao vento após as 17 horas.
– Cariocas vão à praia, jogam futevolei, mas não entram na água.
– Mineiros comem um feijão tropeiro.
– Paulistas fazem churrasco nas suas casas do litoral.
– Gaúchos reclamam do calor e não fazem esforço devido esgotamento físico.

20ºC

– Baianos mudam os chuveiros para a posição “Inverno” e ligam o ar quente das casas e veículos.
– Cariocas vestem um moletom.
– Mineiros bebem pinga perto do fogão a lenha, tomando uma canja de galinha.
– Paulistas decidem deixar o litoral, começa o trânsito de volta para casa e mais horas de congestionamento.
– Gaúchos tomam sol no parque.

15ºC

– Baianos tremem incontrolavelmente de frio.
– Cariocas se reúnem para comer fondue de queijo.
– Mineiros continuam bebendo pinga perto do fogão a lenha.
– Paulistas ainda estão presos nos congestionamentos na volta do litoral.
– Gaúchos dirigem com os vidros abaixados para refrescar.

10ºC

– Decretado estado de calamidade na Bahia.
– Rio de Janeiro abre a candidatura para as olimpíadas de inverno.
– Mineiros continuam bebendo pinga e colocam mais lenha no fogão.
– Paulistas lotam hospitais e clínicas devido doenças causadas pela inversão térmica.
– Gaúchos fecham as janelas de casa.

0ºC

– Não existe mais vida na Bahia. Nem animal, nem vegetal, nem mineral.
– No Rio, o prefeito veste 7 casacos e lança o “Ixxnoubórdi in Rio”.
– Mineiros entram em coma alcoólico ao lado do fogão a lenha.
– Paulistas não saem de casa e dão altos índices de audiência a Gilberto Barros, Gugu Liberato, Luciana Gimenes e Silvio Santos.
– Gaúchos aproveitam o friozinho gostoso para fazer amor com seus parceiros (as Gaúchas provavelmente estão dormindo).

Novas técnicas para proporcionar o máximo prazer a uma mulher

chamada

Em geral os conselhos relacionados ao assunto raramente rendem o sucesso esperado. Mas não é o caso destas cinco técnicas infalíveis. Quer deixar sua parceira ‘louquinha’ de prazer? Comece seguindo estes conselhos. (Atenção: Segredos revelados por uma mulher.)

Técnica nº 1 : Mãos Molhadas

Sim, a técnica das mãos molhadas. Certamente a mais popular entre as mulheres. Tão simples. Tão excitante. Você vai deixá-la sem fôlego:

* Faça sua parceira sentar-se em uma cadeira confortável na cozinha. Certifique-se que ela consegue ver muito bem tudo que você faz.
* Encha a pia da cozinha com água e adicione algumas gotas de detergente para louça com aroma. (Existem muitos aromas que podem ser utilizados -maçã, limão, lavanda – escolha o que quiser. Se estiver em dúvida, experimente o ‘neutro’).
* Segurando uma esponja macia , submerja suas mãos na água e sinta sua pele ser envolvida pelo líquido até que a esponja esteja bem molhada..
* Agora, movendo-se devagar e gentilmente, pegue um prato sujo do jantar, coloque-o dentro da pia e esfregue a esponja em toda a superfície do prato. Vá esfregando com movimentos circulares até que o prato esteja limpo.
* Enxague o prato com água limpa e coloque-o para secar. Repita com toda a louça do jantar até que sua parceira esteja gemendo de prazer.

Técnica nº 2: Vibrando pela Sala

Esta técnica utiliza o que para muitas mulheres é considerado um ‘brinquedinho’. É um pouco mais difícil do que a primeira, mas com algum treino você vai fazer com que sua parceira grite de prazer.

* Cuidadosamente apanhe o aspirador de pó no lugar onde ele fica guardado. Seja gentil, demonstre a ela que você sabe o que está fazendo.
* Ligue-o na tomada, aperte os botões certos na ordem correta.
* Vagarosamente vá movendo-se para frente e para trás, para frente e para trás… por todo o carpete da sala. Você saberá quando deve passar para uma nova área.
* Vá mudando gradativamente de lugar. Repita quantas vezes seja necessário até atingir os resultados.

Técnica n° 3 : A Camiseta Molhada

Este joguinho é bem fácil, embora você precise de mente rápida e reflexos certeiros. Se você for capaz de administrar corretamente a agitação e a vibração do processo, sua parceira falará de sua perfomance a todas as amigas dela.

* Você precisará de duas pilhas de roupas sujas. Uma com as roupas brancas, e outra com as coloridas.
* Encha a máquina de lavar com água e vá derramando gentilmente o sabão em pó dentro dela (para deixar a mulher ofegante, use exatamente a quantidade recomendada pelo fabricante).
* Agora, sensualmente coloque as roupas brancas na máquina… uma de cada vez…. devagar. Feche a tampa e ligue o ‘ciclo completo’.
* Enquanto você vê sua companheira babar de desejo por você, essa é uma ótima oportunidade para pôr em prática a Técnica nº2.
* Ao fim do ciclo, retire as roupas da máquina e estenda-as para secar. Repita a operação com as roupas coloridas..

Atenção: Se nesse ponto ela começar a gritar algo como: – ‘Sim! Sim! Ai! Isso! Ai mesmo! Oh meu Deus! Não pára! Não pára não!’ Não pare. Continue até que ela esteja exausta de prazer.

Técnica nº 4: O que sobe, desce

Esta é uma técnica muito rapidinha. Para aqueles momentos em que você quer surpreendê-la com um toque de satisfação e felicidade. Pode ter certeza, ela não vai resistir.

* Ao ir ao banheiro, levante o assento do vaso. Ao terminar, abaixe novamente.
* Faça isso todas as vezes.
* Ela vai precisar de atendimento médico de tanto prazer.

Técnica nº 5: Gratificação Total

Cuidado: colocar em prática esta técnica pode levar sua companheira a um tal estado de sublimação que será difícil depois acalmá-la, podendo causar riscos irreversíveis a saúde da mulher.

* Esta técnica leva algum tempo para aperfeiçoar. Empenhe-se com afinco. Experimente sozinho algumas vezes durante a semana e tente surpreendê-la numa sexta-feira à noite. Funciona melhor se ela trabalha fora e chega cansada em casa.
* Aprenda a fazer uma refeição completa. Seja bom nisso.
* Quando ela chegar em casa, convença-a a tomar um banho relaxante (de preferência aromático em uma banheira de água morna que você já preparou).
* Enquanto ela está lá, termine o jantar que você já adiantou antes dela chegar em casa.
* Após ela estar relaxada pelo banho e saciada pelo jantar, proceda com a Técnica nº1.
* Preste atenção nela pois o estado de satisfação será extremamente alto, podendo causar coma repentino.

(Atualizado para a aula do dia 04/06/2009)