Author: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

Resenha: crenças essencialistas sobre policiais e delinquentes

Saulo Santos Menezes de Menezes O estudo de Pereira e cols. buscou avaliar o impacto do país de origem e da direção do transplante de cérebro no julgamento da conduta social de policiais e criminosos, e analisar, segundo o modelo das explicações folk das condutas sociais, as justificativas apresentadas pelos

Cheirar Cola: Aspectos sociais e fisiológicos do uso crônico de solventes

Aline Almeida O presente artigo tem como autores Mariana Martins Ferraz e Alfred Sholl-Franco, que possuem titulação de graduanda do curso de Medicina na UFRJ e Doutor em Ciências pela UFRJ, respectivamente. Ambos participam do programa de Neurobilogia da Universidade citada. Os autores iniciam o texto colocando em pauta a

Resenha: As novas formas de expressão do preconceito e do racismo

Jerry Kambale Musema Neste artigo o autor propõe uma reflexão quanto às novas formas de expressão do preconceito e do racismo, constatando suas diferenciações, denominando-as como ‘novas expressões’ de preconceito e racismo, pontuando conceitualmente o racismo moderno e simbólico da Austrália e dos EUA, os racismos aversivos e ambivalentes no

Resenha: Os estereótipos e o viés linguístico intergrupal

Saulo Santos Menezes de Almeida Neste trabalho, Pereira e cols. procuram determinar como participantes adultos e crianças, de etnia branca e negra, utilizam as categorias linguísticas para codificar cenas apresentadas de forma visual em que aparecem personagens do ingroup e do outgroup. As cenas apresentadas são socialmente consideradas socialmente positivas

Resenha: Estilo de vida como indicador de saúde na velhice

Rose Luz Silva Perez Após a revisão de pesquisa bibliográfica sobre o tema do envelhecimento, a autora discute sobre a importância do estilo de vida como fator determinante para a qualidade de vida na velhice. Tendo em vista o incremento acentuado do número de idosos na população adulta mundial, o

Resenha: Representação social de crianças acerca do velho e do envelhecimento

Priscila Bahia Nos tempos atuais, envelhecer não é mais privilégio de poucos países, consiste numa realidade populacional; estima-se inclusive que no Brasil, em 2020, o contingente será superior a 30 milhões de pessoas. E acompanhando a mudança no perfil populacional há alterações (ou não) nas imagens e representações desta faixa

Resenha: Normas sociais e preconceito: o impacto da igualdade e da competição no preconceito automático contra os negros

Gilcimar Santos Dantas O trabalho tem como objetivo investigar o quanto os valores relacionados à competição e à igualdade contribuem na expressão do preconceito automático contra negros. O estudo parte de uma perspectiva conhecida como processos duais ou automatismo e controle, que afirma que existem dois tipos de cognição. Uma

Resenha: Estilo de vida como indicador de saúde na velhice

Pérola Cavalcante Dourado O artigo em questão retrata o quanto o estilo de vida influencia na saúde e qualidade de vida na velhice. Para além dos aspectos comumente enfocados como providenciais para uma velhice tranquila, como a manutenção de uma condição física favorável, e ações de previdência para uma vida

Valores psicossociais e orientação à dominância social: um estudo acerca do preconceito

Márcia Deocleciano “Valores psicossociais e orientação à dominância social: um estudo acerca do preconceito” Psicologia: Reflexão e Crítica, 20 (3), 490-498, Porto Alegre 2007, dos pesquisadores Sheyla Fernandes, Joseli Da Costa, Leoncio Camino e Roberto Mendoza traz um estudo cujo objetivo foi analisar as relações existentes entre o preconceito, através

Resenha: O brasileiro, o racismo silencioso e a emancipação do afro-descendente

Márcia Deocleciano O presente texto do pesquisador Ricardo Franklin Ferreira, da Universidade de São Marcos, publicado na revista psicologia e Sociedade; 69-86; Jan./Jun. 2002, tece comentários acerca de algumas condições históricas para o desenvolvimento do preconceito contra a população negra, que muitas vezes é difícil de ser compreendido e combatido

Blog no WordPress.com.