Teste de discriminação racial em crianças

Contribuição: Ivanilde Cerqueira

8 Replies to “Teste de discriminação racial em crianças”

  1. Vanessa Carvalho disse:

    O vídeo mostra como desde cedo esses valores vão sendo internalizados e mesmo crianças negras demonstram aceitar concepções negativas sobre os negros. O momento final é muito interessante porque dá par perceber no garoto um certo receio em se identificar com o boneco.

  2. Greice Santos disse:

    PÁREM O MUNDO QUE EU QUERO DESCER!!!!!!

  3. Camila Leão Ribeiro disse:

    É chocante perceber o que os padrões sociais fizeram com essas crianças… Mas é interessante também perceber que a conscientização e a formação da identidade é algo que se constrói com a idade, com o tempo. É bem esperado que as crianças ajam dessa maneira, afinal, elas não têm senso crítico e assimilam tudo que é porcaria que a mídia expõe. Os responsáveis por moldar o caráter, a conduta e o modo de perceber a realidade dessas crianças (que têm um nível de plasticidade elevado) são seus educadores diretos (família, escola, amigos, mídia). Infelizmente essa conscientização é um processo global e interconectado, que precisa da influência de diversas instituições.

  4. Ivanilde S. Cerqueira disse:

    Um outro elemento bastante importante neste vídeo diz respeito a auto-esima das crianças negras, que de algum modo é influenciada pelas crenças racistas, que infelismente são muito disseminadas na sociedade. No final deste vídeo percebe-se que a criança esita um pouco de identificar-se como negra, por conta dos elementos negativos que foram antes associados à boneca negra.

  5. Laís Marques disse:

    Triste, tristíssimo. o que o mundo faz com negros desde pequenos, fazendo-os assimilar conteúdos negativos ao seu grupo social e aceitar que só o outro, branco de olhos azuis é bom e bonito. a mudança desse cenário passa pela educção como camila colocou, é super importante que pais, escola, mídia etc. estejam atentos e dispostos a combater os rótulos negativos atribuídos aos negros e dispostos também a trabalhar a auto-estima, tão lesada, dessas pessoas.

  6. Flávia Protásio disse:

    É muito triste observar o processo de assimilação dos estereótipos por essas crianças. É preciso que se faça algo já! Quando se trata de crianças, essas crenças ganham uma força ainda maior, uma vez que estarão interferindo na construção da sua identidade, e como o vídeo aponta, há uma grande hesitação em se identificar com a boneca negra. Acho importante investir nos meios de comunicação, como propõe a propaganda contra-intuitiva, para ir diluindo esses estereótipos.

  7. Aline Costa disse:

    Acho que já temos provas suficientes de quão danoso pode se tornar o processo de estereotipização. Muitas cenas, muitas lágrimas, muitos pesares. O vídeo é triste como todos os outros que temos assisitido. E o que vem depois das lágrimas?

  8. Leiza Nazareth disse:

    Concordo que é muito triste ver estas crianças reproduzindo esteréotipos de ser bonito ou feio, bom ou mal relacionado com a cor da pele. Mas uma coisa me deixou intrigada: porque os testes só foram feitos com crianças negras e nenhuma branca? será que este vídeo não reproduz somente a idéia de que os próprios negros são racistas?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
%d blogueiros gostam disto: