Estereótipos e anedotas regionais: assaltantes

ASSALTANTE BAIANO
Ô meu rei… ( pausa )
Isso é um assalto… ( longa pausa )
Levanta os braços, mas não se avexe não.. ( outra pausa )
Se num quiser nem precisa levantar, pra num ficar cansado ..
Vai passando a grana, bem devagarinho ( pausa pra pausa )
Num repara se o berro está sem bala, mas é pra não ficar muito pesado.
Não esquenta, meu irmãozinho, ( pausa )
Vou deixar teus documentos na encruzilhada .

ASSALTANTE MINEIRO
Ô sô, prestenção
issé um assarto, uai.
Levantus braço e fica ketin quié mió procê.
Esse trem na minha mão tá chein de bala…
Mió passá logo os trocados que eu num tô bão hoje.
Vai andando, uai ! Tá esperando o quê, sô?!

ASSALTANTE CARIOCA
Aí, perdeu, merrrrmão
Seguiiiinnti,
Tu te fu. Isso é um assalto véio .
Passa a grana e levanta os braços rapá .
Não fica de caô que eu te passo o cerol….
Vai andando e se olhar pra tras vira presunto

ASSALTANTE PAULISTA
Pô, meu …
Isso é um assalto, meu
Alevanta os braços, meu .
Passa a grana logo, meu
Mais rápido meu, que eu ainda preciso pegar a bilheteria aberta pra
comprar o ingresso do jogo do Curintia meu . Pô, se manda, meu

ASSALTANTE GAÚCHO
O gurí, ficas atento
Báh, isso é um assalto
Levanta os braços e te aquieta, tchê !
Não tentes nada e cuidado que esse facão corta uma barbaridade, tchê.
Passa as pilas prá cá ! E te manda a la cria, senão o quarenta e quatro fala..

ASSALTANTE DE BRASILIA
Querido povo brasileiro, estou aqui no horário nobre da TV para dizer que no final do mês, aumentaremos as seguintes tarifas: Energia, Água, Esgoto, Gás, Passagem de ônibus, Imposto de renda, Lincenciamento de veículos, Seguro Obrigatório, Gasolina, Álcool, IPTU, IPVA, IPI, ICMS, PIS, COFINS…

Estereótipos e anedotas: o mineirinho esperto

A garota vai à primeira festa de sua vida e, com medo dos avanços dos rapazes,pede conselho à mãe:
-O que faço, mamãe, se OS garotos insistirem…
– Se OS rapazes começarem a insistir muito, minha filha, pergunta que Nome else vão Dar à criança. Isso vai fazer com que else desistam.
Assim foi. No meio de uma dança um catarinense diz:
– Vamos para o jardim atrás DA piscina, Mina?
Ela vai, mas quando o moço quer avançar ela pergunta:
– Que Nome vamos Dar à criança?
O carinha olha-a com surpresa, diz que esqueceu a carteira no bar e sai de fininho.
Uma hora mais tarde repete-se a cena com um paraense.
Igualzinho, quando ela pergunta qual será o Nome do filho, ele FICA de pés frios e vai-se embora.
Em seguida chega um gaúcho como quem não quer nada e lhe DA um beijo, ela pergunta que Nome vamos Dar à criança, o gaúcho também sai de fininho…
Mais tarde chega um Mineiro, vai
Com ela para o jardim, começa com beijinho aqui, beijinho Ali, apalpa-lhe o peito e ela pergunta:
– Que Nome vamos Dar à criança?
Ele continua e abre o vestido dela.
– Que Nome vamos Dar à criança?
Ele pega nos seios.
– Que nooome vaaamos Dar à criança?
Ele tira o vestido dela e a sua calcinha.
– Que noooome… Ahhh… Vaaaaaaaamos daaar… Ahhhh… à
criança? Ahhhhhh… Ahhhhhhhhhhhh…
– Queeee noooooome vaaaaaaamos…..
não pára…….. Daaaaaaaar… Vai….vai…..
Vaiiiiii…… àaaaaaaaaaaah criaaaaaaaança????
Depois de acabarem, ela pergunta mais uma vez:
– E agora, qual vai ser o Nome do nosso filho?
E o Mineiro, triunfante, tira devagar o preservativo, levanta para o alto, dá um nó firme e diz:
-Se ele conseguir sair daqui vai se chamar Magaiver!!!

Estereótipos e humor: não conte vantagem pro mineirinho

Três paulistas querendo contar vantagem pro mineirim:

1º. paulista: – Eu tenho muito dinheiro… Vou comprar o Citibank!

2º. paulista: – Eu sou muito rico… Comprarei a Fiat Automôveis.

3º. paulista: – Eu sou um magnata… Vou comprar a Usiminas. E os três
ficam esperando o que o mineiro vai falar.

O minerim da uma pitada nu cigarro de paia, ingole a saliva… faz uma
parsa … e diz: – Num vendo…

%d blogueiros gostam disto: