Estereótipos, humor e televisão:o defensor das minorias

Atualizado para a aula do dia 30/04/2009 (FCH391)

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

2 comentários em “Estereótipos, humor e televisão:o defensor das minorias”

  1. Para que este fosse um genuíno defensor das minorias necessitaria que este super-herói tivesse outras caracteristicas além de ser gordo e homossexual. Deveria ser também negro, pobre, baixinho, tatuado, deficiente físico, e etc.

    Curtir

  2. Não gosto de dá respostas curtas, mas, complementando as dos colegas, digo que, este para ser também considerado herói da minoria deveria não ter medo de criptonita, andar em buzú lotado e ter a coragem de ficar num ponto, dia de domingo as 15:00h à espera de um Buzú!!.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s