Artigo publicado: Afro-Cuban cultural tourism and the accusation of religious commercialism

Título: Speculators and santuristas: The development of Afro-Cuban cultural tourism and the accusation of religious commercialism

Autora: Kali Argyriadis

Periódico: Tourist Studies 2008;8 267-286

Resumo: clique aqui para obter

Um comentário sobre “Artigo publicado: Afro-Cuban cultural tourism and the accusation of religious commercialism

  1. Tradução do resumo:

    Nos últimos dez anos, o turismo cultural baseado principalmente no folclore afro-cubano tem crescido consideravelmente em Havana. Ao mesmo tempo, um número crescente de estrangeiros estão visitando a ilha, a fim de aprender sobre religiões como a Santeria e palo monte, ambos considerados como tendo as suas raízes na África. Na crise econômica que Cuba enfrenta, hoje, a religião tornou-se uma das mais eficiente formas de melhorar a situação econômica do país. Este fato é discutido e criticado em vários níveis da sociedade cubana. Este artigo analisa este fenomeno, considerando-se como uma crítica do mercantilismo como uma `categoria de acusação” ambigua típica dos intercâmbios entre os praticantes e das relações sociais na ilha em geral. Baseado em uma pesquisa etnográfica realizada em Havana, este artigo também aborda a clássica distinção entre o sagrado e o profano. Distinções entre os agentes culturais, artísticos, religiosos, políticos, econômicos e dimensões emocionais também são discutidas. Veremos que essas dimensões são sempre manifestadas e conectadas em conjunto em apresentações turísticas, bem como em cerimônias religiosas.

Deixe uma resposta para Diogo Araújo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s