Conceitos fundamentais: metacognição

Em que pese a natureza incerta do julgamento humano, o impacto das heurísticas e as inúmeros limites impostos pelo sistema cognitivo, um elemento essencial das pesquisas sobre a cognição é o conhecimento que a pessoa julga possuir a respeito de si mesmo e das outras pessoas. Esta questão encontra-se fortemente ligada ao problema da metacognição e, como tal, se refere a quão uma pessoa considera dotado de credibilidade o julgamento que ela mesma faz a respeito de seus pensamentos, crenças e sentimentos sobre elas mesmas e sobre as outras pessoas.
De forma compatível com outros domínios de investigação cognitiva, e apesar dos inúmeros estudos sobre o julgamento em condições de incerteza, os estudos sobre a metacognição encontram-se subordinados ao entendimento de que as pessoas possuem alguma clareza a respeito das avaliações de base metacognitiva que fazem, embora não tenham consciências de que estão julgando de acordo com estes princípios e, em alguns casos, nem mesmo sejam capazes de discernir que estão a realizar algum tipo de julgamento.

Fonte: Marcos E. Pereira. Introdução à Cognição Social. Manuscrito não publicado

One Reply to “Conceitos fundamentais: metacognição”

  1. franckepeixoto disse:

    bom artigo! 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
%d blogueiros gostam disto: