Na saúde e na doença: grupo unido, da escola à bolsa de valores

Autores: Amanda Baptista, Carolina Abreu, Eliana Almeida, Rebeca Martins e Rodrigo Rodrigues.

Definição de Grupo
São nos grupos que as relações entre os indivíduos são estruturadas e padronizadas, eles são de extrema importância porque dão apoio social, um modelo cultural em que se pode guiar o desempenho além de todos os tipos de recompensas e recursos adicionais.
O termo grupo refere-se a uma unidade social que envolve duas ou mais pessoas e que possui todos os seguintes atributos:
1.Filiação: As pessoas que constituem o grupo são “integrantes” do mesmo. Para tal, é necessário que haja um sentimento de pertença por parte de cada um dos integrantes, de modo a se reconhecer e ser reconhecido, pelos demais membros, como parte dele.
2.Interação entre os integrantes: Indica que os membros do grupo interagem entre si, em outras palavras, se comunicam e influenciam.
3.Objetivos compartilhados pelos integrantes: Aponta para a interdependência dos integrantes em relação a realização de um objetivo.
4.Normas mantidas pelos grupos: As normas estabelecem limites ao comportamento e fornecem um modelo de ação comum ao grupo.
Grupo Selecionado
O grupo selecionado exemplifica um grupo de intimidade cuja relação é baseada em vínculos de amizade. O grupo é pequeno, formado apenas por quatro integrantes, cujo maior interesse funcional são as relações sócio-emocionais. Contudo, em momentos específicos, quando os membros se reúnem para falar de negócios, o grupo assume uma função orientadora para uma tarefa.
O grau de intimidade existente entre seus integrantes os classifica em um grupo primário, esse tipo de grupo é considerado básico para o desenvolvimento de valores e atitudes. As pessoas que estabelecem vínculos nesse tipo de grupo, freqüentemente compartilham valores e atitudes semelhantes. A interação entre os integrantes se dá tipicamente de forma espontânea, informal e pessoal de modo a ser comum a existência de fortes vínculos emocionais entre os envolvidos, em geral, seus integrantes se conhecem muito bem e se admiram, entre eles dá-se vital importância à amizade mútua.
Historia do Grupo
Os quatro integrantes do grupo em questão se conheceram no CPM (Colégio da Polícia Militar). Dois deles foram colegas ainda na alfabetização, nessa época eles eram “inimigos” chegando até a brigar em sala; os outros dois integrantes vieram estudar na mesma escola tempos depois, um deles, na primeira série e o outro apenas na oitava. Foi somente em 1998, quando cursavam a oitava série que o grupo se constituiu e solidificou. Eles começaram a encontrar afinidades e se associar com mais freqüência. Essa situação pode ser confirmada diante de teorias sobre coesão grupal:
A similaridade aumenta a afeição; portanto, grupos cujos integrantes têm escolaridade, etnia e status similares e tomam atitudes semelhantes têm coesão social maior.
A coesão de tarefas é outra forma importante de coesão grupal, geralmente, eles mantêm a união por estarem muitos envolvidos nas atividades do grupo. Os membros do grupo se caracterizam por ser brincalhões, gostarem de se divertir e de jogos que aticem a competição intragrupal, o que confirma as palavras de Raven e Rietsema (1957) “a coesão de tarefas é maior se os integrantes consideram as tarefas do grupo intrinsecamente valiosas, interessantes e desafiadoras.”
O grupo permaneceu mesmo após o término da escola “um dos méritos do nosso grupo foi não ter perdido essa essência, essa amizade”, disse um dos membros. O vínculo foi mantido e fortalecido devido ao interesse dos integrantes do grupo de sempre estar se comunicando e saindo juntos. Com o passar do tempo, outros objetivos foram agregados aos interesses do grupo, o que é muito importante para o funcionamento do mesmo.
A maior parte dos grupos funciona melhor quando há semelhança ou isomorfismo entre os objetivos de grupo e os objetivos individuais de seus integrantes. A expressão isomorfismo dos objetivos refere-se a um estado em que os objetivos de grupo e os objetivos individuais são semelhantes no sentido de que as ações que levam à realização dos objetivos do grupo também beneficiam o grupo, pois os integrantes são motivados a buscar atingir os objetivos do grupo e a contribuir com recursos e esforços (Sniezek e May, 1990)
Além da mudança de interesses, observamos que continua a haver convergência entre objetivos individuais e coletivos, isso pode ser exemplificado com a seguinte fala: “pra você ver como as brincadeiras evoluíram, hoje a gente brinca de bolsa de valores”.

Foto 1: pose para o clique

A primeira foto retrata o hobby do grupo: boliche. Por ser uma atividade que todos os integrantes gostam desde o tempo de faculdade e ser o local onde costumavam se encontrar para se divertir, o contexto passou a ter um significado na história do grupo assumindo um papel importante na solidificação dos laços de amizade. Além disso, o jogo estimula o lado competitivo dos integrantes do grupo, característica essa que sempre moveu muito a equipe; segundo eles, ‘sempre tiveram essa questão de concorrer, de apostar’.

Foto 2: Cores diferentes para pesos diferentes

Nessa foto, os integrantes do grupo pensaram em deixar a foto proporcional, por colocar duas pessoas de cada lado, e mostrar, ao fundo, os pinos do boliche. Segundo eles, mostrar os pinos foi uma forma de representar o local que quiseram retratar. O grupo também citou o motivo de cada bola que seguravam ser de uma cor diferente: “cada bola tem um peso diferente, e ai cada pessoa se adéqua mais a determinado peso… a gente escolheu as bolas que a gente costuma jogar de acordo com o peso”.

Foto 3: Pagando as contas

A pessoa que tirou a foto fez um registro espontâneo de um dos momentos da reunião social: pagar a conta. Os gestos, segundo os membros, representam um desconforto em relação ao pagamento ao mesmo tempo em que se torna mais uma oportunidade de descontração, característica marcante do grupo.

Foto 4: Tudo legal?

A configuração da foto (a ordem e a pose) não foi previamente determinada, não havia nenhum motivo específico. Contudo, o momento foi intencionalmente escolhido pelo grupo para representar a transição entre o jogo de boliche e os jogos de ficha.

Foto 5: Descontração na sinuca

A foto representa outro jogo praticado pelo grupo, a sinuca. A escolha dos elementos da foto indicam a intencionalidade de representar a atividade que o grupo estava desempenhando no momento. Um dos integrantes se destaca pela forma não-convencional em que posiciona o taco, segundo ele, lembrou dos tempos do colégio militar e tentou representar uma arma, o que se tornou motivo de piada e de interpretações dúbias. Ao fundo, percebe-se um quadro em branco, que anteriormente havia sido preenchido com os apelidos dos integrantes do grupo e que por motivos internos à sua dinâmica, foram ocultados. Para eles, os apelidos são uma forma divertida de identificação – geralmente se referem à características físicas e de personalidade – ao mesmo tempo em que se tornam moeda de troca frente à ameaça de revelá-los, momentos estes que geram descontração e diversão.

Foto 6: Momento da resenha

A situação retratada nessa foto é muito comum nas atividades do grupo. “Essa foto foi representando o grupo conversando, como normalmente fazemos. Sentamos no bar e começamos a falar besteira” – diz um dos integrantes do grupo. Eles decidiram que a foto deveria parecer espontânea, mas um dos integrantes olhou para a câmera no momento da foto. Diante da situação descrita, os demais aproveitaram para expressar o contexto lúdico do grupo “A gente estava tentando fazer com que parecesse que o que a gente estava conversando ali fosse a respeito de Marcus (o único que olhou para a foto)”.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s