Estereótipos e aparência física: pode bater?

Fonte: CQSabe

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

2 comentários em “Estereótipos e aparência física: pode bater?”

  1. Como foi dito em sala, “a presença de um mero artefato agrega valor”. Neste caso, a simples franja dos Emos denota um valor significativo. Os estereotipos concebidos a partir deste artefato (franja) + comportamentos ditos inerentes a este grupo, automaticamente acionam, em quem os veem, as expectativas de ação, fala, gostos, vestimentas…, criando assim uma crença a respeito dos mesmos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s