Anedotas étnicas: exaltação das qualidades do endogrupo

Embora a alusão depreciativa aos estrangeiros seja uma estratégia bastante comum nas anedotas, umas poucas são elaboradas com a finalidade de representar de forma positiva, ainda que estereotipada, a própria categoria social. A anedota abaixo se origina, evidentemente, em Portugal.

Os europeus seleccionavam uma pessoa para ser o primeiro astronauta europeu. Havia candidatos de varios paises e entre outras coisas faziam uma entrevista. Primeiro o ingles: no fim da entrevista perguntaram a ele quanto e que queria ganhar.
– 900 mil libras.
– Ah, mas isso é muito dinheiro. O que é que vai fazer com tanto dinheiro ?
– Bom, 300 mil e para o Fundo de Apoio a Coroa Britanica, 300 mil para mim, e 300 mil para a minha mulher.
– Muito, bem. Aguarde, mais tarde o contactaremos.
A seguir vem o francês. No fim da entrevista fazem a mesma pergunta.
– 900 mil libras – responde o frances
– Oh, é muito ! O que vai fazer com esse dinheiro todo ?
– 300 mil são para mim, 300 mil para a minha amante e 300 mil para a minha mulher.
Finalmente entra o portugues. Fazem-lhe a mesma pergunta
– 900 mil libras.
– Oh. é muito ! Onde vai gastar esse dinheiro ?
– Bom, 300 mil é ja aqui para o meu amigo por me ter escolhido, 300 mil são obviamente para mim, e os outros restantes 300 mil para a pessoa que eu arranjar para ir no meu lugar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s