Estereótipos e grupos de ódio: o cérebro do pagodeiro

Contribuição: André Oliveira


Imagens como essa são tão frequentes na internet, como por exemplo no orkut, que seria uma forma estereotipada e preconceituosa de caracterizar o pagodeiro… Como uma pessoa que não pensa, não tem uma capacidade de reflexão e só sabe ter um mal gosto

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

Uma consideração sobre “Estereótipos e grupos de ódio: o cérebro do pagodeiro”

  1. É interessante também perceber as características físicas do personagem da foto. Ele pertence a uma categoria social que já há muito tempo costuma ser marcada como possuidora de capacidades intelectuais limitadas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s