Estereótipos profissionais e gênero

chamada

Contribução: Daiana Nogueira e Elisa Maria Araújo.

Algumas profissões, como as representadas pelas imagens abaixo, são amplamente estereotipizadas pelo gênero predominante que a desempenha. Caso o indivíduo não corresponda à expectativa social de desempenhar uma profissão consoante com o seu sexo, normalmente, sofrerá preconceitos relacionados à sua identidade e preferências sexuais. Este fenômeno pode influenciar atitudes de desvalorização do profissional, bem como inibir possíveis escolhas profissionais que fujam do socialmente aceito, e valorizado. Por vezes, esta crença tão compartilhada acaba influenciando o indivíduo a desenvolver um desempenho superior ao gênero predominante nas profissões em questão.



Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s