Estereótipos e idade: a hora certa

Contribuição: Gilcimar Dantas e Milena Magalhães

Costuma-se acreditar que existe idade para certos tipos de atividades, o vídeo acima se aproveita desse estereótipo para apresentar o seu produto específico para o público jovem.

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

Uma consideração sobre “Estereótipos e idade: a hora certa”

  1. Pondo à parte a generalização, quando se chega a determinada idade, convenhamos, não se pode fazer determinadas atividades por conta da incongruência gerada entre mente e corpo. Entretanto, se obedecermos rispidamente, “Mens sana in corpore sano”, poderemos fazer tudo, em qualquer tempo e em qualquer época.

Deixe uma resposta para Ailton Alves de Araujo Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s