Estereótipos e televisão: o punk e o global

Atualizado para a aula do dia 30/04/2009 (FCH391)

2 Replies to “Estereótipos e televisão: o punk e o global”

  1. Dado mostrou que podia até ser global, mas não era otário. O gordo quis tirar sarro dele e veja no que deu.

  2. Diogo Araújo disse:

    Hehehehe… Realmente o Gordo veio com umas provocacoes e o Dado ate q respondeu com elegancia. Dado perdeu a oportunidade de deixar Joao Gordo desarmado se continuasse com a estrategia mais assertiva, so que me pareceu q ele jah foi mal-intencionado, sabendo que o Gordo ia fazer piadinha, pois este ja se tornou previsivel no seu personagem de punk desbocado. Em vez de fazer isso, podia simplesmente ter recusado o convite para a entrevista, mas parece que ele preferiu fazer a cena e tirar onda como “o cara que encarou Joao Gordo”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
%d blogueiros gostam disto: