O rei Emir Saad: enfeites jovens

Contribuição: Aline Costa

Malvador

4 Replies to “O rei Emir Saad: enfeites jovens”

  1. Luciana Matos disse:

    Curioso esse estereótipo de que os ideais se reservam aos jovens… Por que será? Existe até a crítica ao adulto que se mantém idealizador, como alguém que ficou preso na juventude, um sonhador… Será que o envelhecimento está ligado a uma idéia de “manter os pés” na realidade concreta?

  2. Tem uma frase que não sei de quem é, mas já é de dominio público eu acho, mais ou menos assim: “Se você não é socialista ao 20 anos você não tem coração, se você é socialista aos 40 anos você não tem cerébro”.

  3. Judson Rocha Jr. disse:

    A questão mais importante, ou melhor, Primeira, é verificar o que nós chamamos de “ideiais”.

    Se ideiais são enfeites… então eles não mudarem com o tempo é estranho. Se eles tem a ver com valores imutáveis em relação ao tempo, nossam ideiais são indispensáveis. ou ao menos as crenças. Não dá pra existir sem crenças, sem crer em algo.

    Mas as pessoas confundem imagens com pensamentos, e poses com atitudes que realmente modificam a “realidade”.

  4. Sami disse:

    Para falar bem a verdade fiquei na dúvida de qual foi o foco da tirinha.

    Será que foi uma crítica aos “idealistas” que não se “desfazem de seus ideais” enquanto tem papai e mamãe sustentando-os. Ou será que foi uma crítica a todos aqueles que dizem coisas como essas que eu citei?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
%d blogueiros gostam disto: