Estereótipos e esportes: jovens inteligentes

Contribuição: André Oliveira

O esporte é uma prática de lazer ou até mesmo algo mas profissional, que está muito relacionada à cidadania. Crianças, desde cedo, são incentivadas pela mídia e, por conseguinte, pela própria família a participarem de algum esporte, com intuito de ter um espírito de competição, mas ao mesmo tempo saber perder, respeitar as regras e os companheiros.

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

2 comentários em “Estereótipos e esportes: jovens inteligentes”

  1. Sou professor de Karatê e sempre procurei manter esses padrões como metas para não perder a racionalidade, uma vez que estava implícita a força da competição. Teoricamente tudo isso é vrdade, mas quando descamba para o lado da competição – em determinados esportes, tudo isso cai por terra, lamentavelmente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s