Estereótipos e profissão: Dr. Braçoforte

Contribuição de : Ailton Araujo, Lucas Carneiro & Janielly Braz.

Essa propaganda trás de forma subjacente o que o homem preconceituoso não pode saber de imediato, entretanto, o termo “braço forte” deixa subentendido o que pode ocorrer com os pacientes na execução do dito exame. Dentro dessa crença emerge a violação de valores terminais por conta do exame de “toque”, muito embora, este tenha a função de preservar a saúde.

Autor: Marcos E. Pereira

Professor do Departamento de Psicologia e do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (Mestrado e Doutorado) da Universidade Federal da Bahia. O currículo Lattes pode ser acessado no site http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4799492A6

Uma consideração sobre “Estereótipos e profissão: Dr. Braçoforte”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s