Estereótipos, esportes e humor: rivalidade no futebol

Contribuição: Marinês Oliveira e Luzia Mascarenhas

Senhores passageiros,obrigada por jogar fora alguns pertences,mas avisamos que o avião continua pesado,e que precisamos da ajuda de vocês para que o avião não caia.

Nesse momento,todos ficaram preocupados.

“O que vamos fazer?”- pensavam eles.

E no final,decidiram se jogar até que o avião estivesse com o peso ideal para continuar até a Espanha.

E lá foi o David Beckham.

Parou na frente da porta do avião,colocou a mão no peito e falou:

-For love to England (por amor a Inglaterra)

E pulou.e la foi Cristiano Ronaldo de Portugal:

-Por amor a Portugal!

E pulou.E depois de mais uns 5,foi a vez do Pelé.

Que fez a mesma coisa que os outros,colocou a mão no peito,e disse:

-Por amor ao Brasil.

E jogou o Maradona.

Um comentário sobre “Estereótipos, esportes e humor: rivalidade no futebol

  1. Examinando-se exemplos mais antigos pode-se constatar a magnitude do obstáculo que os argentinos sempre representaram para os brasileiros. Em 114 partidas com a camisa do Brasil, Pelé só sofreu 12 derrotas – e quatro delas foram contra a Argentina.

    Essa, como vemos, é uma rivalidade antiga. Então vamos tirar um sarro deles!!.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s