Tipos e figuras: isto é que é candidato

4 Replies to “Tipos e figuras: isto é que é candidato”

  1. Valter da Mata disse:

    Candidato qualquer nota. Prefiro Leo Kret, pelo menos fica menos nervos@. Para piorar o infeliz no final do seu “elouquente” discurso dirige-se apenas aos homens de Curitiba, desprezando solenemente o público feminino.

  2. André disse:

    Lembrei de um artigo que li sobre contágio emocional e como a experiência de constrangimento do outro nos afeta.
    Segue o endereço do artigo:(http://www.scielo.br/pdf/estpsi/v23n4/v23n4a02.pdf)
    Fiquei sem graça pelo cara, só ao imaginar o que se passava com ele…

  3. Andréia Cruz disse:

    coitadinho… Quem nunca passou por um vexame parecido? Contudo, como candidato a um cargo publico tão importante, é necessário ter tal preparação. Uma vez que ele representará um municipio.

  4. Marcus Vinicius Alves disse:

    Nós não estamos muito melhores não, viu… Nós, como um exemplo, temos:

    Leo Kret, @ verdadeir@ candidat@ do arroba! Foi dito que sim e eu não sei direito, mas será que vai pra câmara vestid@ de baiana (com ‘a’ mesmo!!!)? Disseram que @ própri@ nov@ vereador (a) que declarou.

    Pra ser candidato hoje em dia pode qualquer coisa. Didi do BBB ganhou? Acho que se ele falasse que o sistema eleitoral funciona como o paredão do BBB ele conseguiria mais votos… Todo mundo ia tentar eliminá-lo votando nele. E ele não foi o único: “Além dele, Alberto Caubói (BBB 7) tenta uma vaga na Câmara de Belo Horizonte, e Tati Pink (BBB 5), em Recife.”
    Hoje quando se sai do BBB, tenta-se ser ator, apresentadora de programa infantil e vereador. Tudo é uma comédia mesmo, vamos nessa.

    Só me pergunto se esse pessoal todo que se candidata (e é eleito, meu deus!!!) saberá o que fazer lá, pq nem as rimas do pagode e nem os pedidos de ‘socorro Bial’ vão ajudar.
    Fico feliz quando vejo candidatos do povo vencendo, mas só quando sinto neles uma capacidade de atuar verdadeiramente quando chegarem ao poder, pois não adianta nada colocar alguém lá que vai ser “craque” (bem entre aspas) na rima, mas vai ‘rebolar’ quando perceber que não sabe fazer nada, ou melhor, vai nos fazer ‘rebolar’.
    O pior é que depois ainda vai servir de exemplo negativo… “Tá vendo, votei no cara que disse que era do gueto e ele não fez nada, só queria dinheiro, vou voltar a votar nos candidatos de ACM” (peraê, mas eles eram do… ai ai ai), e lá vamos nós perdendo votos, chances… E a pergunta fica: será que ele sabia o que fazer? Será que nós sabemos?

    É preocupante.

    p.s.:Soube que o vendedor de bolo de milho que passa (agora ‘passava’) todo sábado na minha rua foi eleito também, pelo menos esse já vinha fazendo um bem pelo povo do subúrbio antes mesmo de ser eleito, ah se todo político fosse assim.

    p.s.2: Meu comentário ficou um pouco exaltado. Mas fazer o que, né? A insatisfação é tamanha… Mas não é só com a eleição de Leo do Brasil, existe uma imensa parcela de vereadores do BRASIL que não passam de ‘caras e bocas’ risíveis… E que ganham!

    Lembra do Túlio Maravilha? Baêa 3 a 2.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
%d blogueiros gostam disto: