1.3. Noções adicionais

Apresentamos nos próximos parágrafos algumas definições preliminares e deixamos o leitor ou a leitora desde logo avisadas de que ao longo da obra todas elas serão retomadas e tratadas de maneira mais aprofundada. As definições aqui apresentadas possuem um caráter provisório e atendem ao objetivo precípuo de estabelecer um vocabulário comum para a elaboração dos argumentos desenvolvidos nos capítulos subsequentes.

Racismo

O termo racismo se refere a um sistema de crenças e de ideologias que se sustenta numa hierarquização das categorias, geralmente elaborado a partir de pressupostos biológicos, que serve como fundamento para a implementação de ações destinadas a favorecer um grupo racial em detrimento de outros.

Sexismo

O termo sexismo se refere a uma ideologia que supõe diferenças constitucionais entre homens e mulheres e serve como justificativa para o tratamento hierarquizador e desigual entre pessoas de sexos diferentes.

Estigmas

O conceito de estigma se refere a marcas, físicas, psicológicas ou sociais que conferem a seus portadores atributos que os desqualificam como humanos ou, pelo menos, que os tornam menos iguais do que os outros humanos.

Exclusão social

Refere-se a uma ação deliberada no sentido de colocar à parte, seja por ações mais implícitas ou manifestas, os membros de algumas categorias ou grupos sociais, impedindo-os de ter acesso a bens materiais e simbólicos, supostamente acessíveis a todos. 

Categoria social

Uma classe de indivíduos que se supõe compartilhar características e traços psicológicos comuns. A esse grupo se aplica um rótulo verbal ao qual se atribui o poder de ativar representações sobre os seus membros, fazendo com que os indivíduos nele incluídos sejam despersonalizados e percebidos, sobretudo, a partir das características supostamente compartilhadas com os demais membros do grupo

Grupos sociais

Uma associação de pessoas que compartilham uma identidade comum e que se supõe estarem psicologicamente vinculadas entre si. O endogrupo (ingroup) se refere ao grupo ao qual se pertence, podendo ser traduzido como ‘o meu próprio grupo’; enquanto o termo exogrupo (outgroup) se refere aos grupos externos, traduzindo-se como ‘o grupo ao qual não pertenço’.

Etnocentrismo

Pode ser entendido como uma atitude pela qual alguém considera superior aos demais o grupo ou o ambiente sociocultural em que em que vive.

Xenofobia Uma atitude de desprezo e de desvalorização de outros grupos em função de considerá-los inferior no plano físico, cultural ou social.